Talibãs

Testemunho de um português regressado do Afeganistão. “As pessoas têm receio que as promessas não sejam cumpridas”

19 ago, 2021 - 13:03 • Sofia Freitas Moreira , Joana Bourgard (edição) Reuters e Twitter (imagens) Bruno Neto (Testemunho)

Bruno Neto, coordenador da ONG IINTERSOS, regressou do Afeganistão há duas semanas. Apesar do ambiente calmo e da normalidade do dia-a-dia com que descreve o país recentemente dominado pelos talibãs, o português relata à Renascença os problemas vividos no aeroporto e na falta de acesso ao dinheiro nos bancos. Quanto às liberdades comprometidas das mulheres afegãs, Bruno diz que "naturalmente, e infelizmente", as suas vidas vão mudar. "Houve promessas por parte da comunicação Talibã (...), mas a última imagem que as pessoas têm deles é de 2001, 2002", relata.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.