Protesto no Afeganistão. Grupo de mulheres exige direitos e respeito nas ruas de Cabul

18 ago, 2021 - 10:30 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

Um grupo de mulheres juntou-se num protesto, em frente ao Palácio Presidencial, para exigir a proteção dos direitos das mulheres afegãs, em Cabul. Os Talibãs dizem querer a paz e respeitar os direitos das mulheres, no quadro da lei islâmica, mas as mulheres afegãs manifestam ceticismo. Em Cabul, já há relatos de mulheres e crianças espancadas e chicoteadas em pontos de passagem.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    18 ago, 2021 Funchal 12:38
    E bem. Lutem sempre pelos vossos direitos.