O que propõe Ursula von der Leyen, a nova presidente da Comissão Europeia?

16 jul, 2019 - 16:38

A atual ministra alemã da Defesa, na calha para suceder a Juncker na presidência da Comissão Europeia, apresentou a sua declaração de interesses aos eurodeputados esta terça-feira. Entre as suas propostas contam-se cortar as emissões de carbono da UE e conseguir consensos entre os Estados-Membros face à crise de refugiados e migrantes. Sobre a saída do Reino Unido, a alemã também admite renegociar a data mas não o acordo do Brexit.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.