Salvini usa Facebook para criticar libertação da capitã alemã

03 jul, 2019 - 14:30 • Imagens: Reuters

Matteo Salvini, ministro do Interior italiano, usou o Facebook para contestar a decisão do tribunal da Sicília de libertar a capitã do “Sea Watch 3”. Carola Rackete foi libertada esta terça-feira, depois de ter sido colocada em prisão domiciliária no sábado. A capitã alemã tinha sido acusada pelas autoridades italianas de ter atracado o navio, sem autorização, com 41 refugiados e migrantes a bordo, e de de resistir a um navio de guerra. O tribunal decidiu libertá-la e considerou que Carola se limitou a defender vidas humanas.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.