Sri Lanka bloqueia acesso a redes sociais depois de ataques contra muçulmanos

13 mai, 2019 - 16:55

O governo do Sri Lanka resolveu bloquear temporariamente o acesso a várias rede sociais, como medida de segurança, depois de vários atentados contra muçulmanos, de forma a evitar o aumento de conflitos e a propagação de informação falsa. Também um toque de recolher obrigatório foi imposto pela polícia. Desde os atentados da Páscoa, grupos de muçulmanos têm vindo a ser ameaçados e atacados.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.