Guterres presta homenagem "à extraordinária união" do povo da Nova Zelândia

12 mai, 2019 - 14:55 • Imagem: Reuters

O secretário-geral da ONU visita a Nova Zelândia dois meses após o tentanto terrorista que vitimou 50 pessoas da comunidade islâmica de Christchurch. António Guterres destecou também o trabalho do Governo neozelandês no trabalho feito contra o aquecimento glocal: "Não creio que haja outra região no Pacífico com autoridade moral para dizer ao que mundo que ele precisa de cumprir o que a comunidade científica nos diz".
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.