Cimeira do Vaticano

"O que mais dói é a certeza de que ninguém te compreenderá"

23 fev, 2019 - 18:43 • Imagem: Vatican News

No final do terceiro dia da Cimeira do Vaticano sobre abusos sexuais na Igreja, o Papa Francisco presidiu uma Liturgia Penitencial. O momento contou ainda com um testemunho de uma das vítimas, na Sala Regia do Palácio Apostólico. "O que mais dói é a certeza de que ninguém te compreenderá", referiu na presença de Francisco e dos presidentes das Conferências Episcopais de todo o mundo.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.