Trotinetes, vídeojogos e pufes no escritório? "Não é por isso que deixamos de trabalhar"

11 mar, 2019 - 06:03 • Daniela Espírito Santo , ​​Marília Freitas​ (imagem e edição)

Aos 33 anos, João Saraiva regressou a Portugal depois de viver em Londres desde 2016, para assumir funções na Blip, uma empresa que cria soluções para sites de apostas desportivas online. Voltar foi tirar partido “do melhor dos dois mundos”.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.