Paulo Sande. “Portugal não está imune a populismos”

13 dez, 2018 - 00:00

Professor universitário e especialista em Assuntos Europeus, Paulo Sande foi escolhido por Pedro Santana Lopes para liderar a lista do seu novo partido – o Aliança – às eleições europeias do próximo ano. Em entrevista ao programa Hora da Verdade, defende que os moderados têm de travar uma “guerra contra os extremismos” para preservar um modelo de sociedade democrático, livre e de economia de mercado.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.