Ian Ross. O artista que transforma as praias em quadros gigantes

16 out, 2018 - 12:55 • Joana Gonçalves , Inês Rocha

No ano passado, surpreendeu várias localidades portuguesas com as suas obras de arte na areia. Este mês, o norte-americano Ian Ross voltou às praias portuguesas para "pintar" com o seu ancinho autênticos murais naturais. Para o artista, esta arte efémera, que dura apenas até ser levada pelo mar, lembra o "tempo limitado" que passamos neste planeta. "Talvez isto possa sensibilizar as pessoas para temas que, às vezes, são negligenciados".
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.