Carlão. "Se houvesse um Instagram na minha adolescência, tinha-me passado um bocado"

28 set, 2018 - 11:00 • Inês Rocha

Já ultrapassou a fase “Pacman dos Da Weasel”, mas continua a trazer-nos “entretenimento” com as suas rimas. Hoje com duas filhas, “mais peso e menos cabelo”, Carlão sente necessidade de alertar as novas gerações para o “jogo de aparências” em que se transformaram as redes sociais.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.