Visita à Irlanda

Papa assume “vergonha” pela incapacidade da Igreja para “enfrentar crimes repugnantes”

25 ago, 2018 - 18:09

O Papa reconheceu hoje que a Igreja na Irlanda falhou na forma como lidou com os casos de abusos de menores. No primeiro discurso da sua visita à Irlanda, Francisco foi direto ao assunto e associou-se à vergonha e sofrimento que a comunidade católica daquele país sente. O primeiro-ministro irlandês lembrou como a identidade católica foi importante na luta pela independência do país, mas sublinhou também os “aspetos negros” dessa história.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.