Sobreviveram a dois anos de maus tratos. O Aquarius devolveu-lhes o sonho da bola

22 jun, 2018 - 14:53 • Catarina Santos , em Valência

Dois irmãos saíram da Gâmbia em 2015, foram presos e roubados na Líbia, recomeçaram vezes sem conta. Ainda não conseguiram ligar à família a contar que o navio Aquarius os levou para Espanha, onde querem refazer a vida a jogar futebol.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.