"Labirinto da Saudade"

Uma câmara dentro da cabeça de Eduardo Lourenço

24 mai, 2018 - 03:04 • Catarina Santos

"Labirinto da "Saudade" é um retrato de Portugal a partir do pensamento de Eduardo Lourenço, captado pela câmara de Miguel Gonçalves Mendes. O filósofo interpreta-se a si mesmo e cruza-se no ecrã com Ricardo Araújo Pereira, Gonçalo M. Tavares, Lídia Jorge, Siza Vieira, Jorge Sampaio ou Ramalho Eanes. E não se cruza, por vontade expressa do realizador, com Cavaco Silva. O filme chega aos cinemas esta quinta-feira, um dia depois de Eduardo Lourenço completar 95 anos.
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Andre Souza
    24 mai, 2018 Vila Pouca de Aguiar 09:39
    Lá estamos nós a ver uns intelectuais que se cruzam na história só com quem querem. Mas a verdadeira história tem todos os homens. É triste que se tente apagar...isso faz lembrar as ditaduras.