Hora da Verdade

Presidente não vetará eutanásia “por razões pessoais”

07 mai, 2018 - 05:59 • Eunice Lourenço (Renascença) e David Dinis (Público)

Enquanto espera que o Parlamento discuta e vote a legalização da eutanásia, Marcelo Rebelo de Sousa não se quer pronunciar sobre o assunto em si. Em entrevista à Renascença e ao Público, diz que se a legalização da morte assistida foi aprovada pelos deputados, tomará uma decisão política e não pessoal. Já quanto ao seu último veto – às plataformas de transporte digitais como a Uber – pede mais equilíbrio aos deputados.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.