Mouraria. Há 10 anos a fazer "o clique para o outro"

28 mar, 2018 - 06:08 • Catarina Santos

Em 2008, um grupo de moradores cansou-se de ver definhar o bairro mais multicultural de Lisboa. Dez anos depois, a associação Renovar a Mouraria é um modelo de integração, procurado por países europeus com pressões migratórias bem mais elevadas. "O clique para o outro" exige paciência, ouve-se na casa azul do Beco do Rosendo, de onde continuam a sair projectos de inclusão dos mais vulneráveis, de promoção cultural e do comércio local. O desafio agora é o oposto de há dez anos: a Mouraria tornou-se apetecível e a especulação imobiliária está a expulsar a população do bairro.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.