Elina Fraga. "O Ministério Público instrumentaliza a opinião pública através da comunicação social"

05 nov, 2016 - 11:42

Na sequência das declarações à Renascença, em 2015, onde a bastonária da Ordem dos Advogados afirmou que o "caso Sócrates mostra fragilidades do sistema judicial", a Procuradoria-Geral da República abriu um inquérito para se apurar onde tinha havido violação do segredo de justiça. Elina Fraga lamenta que após ter fornecido toda a documentação o inquérito tenha sido dado como arquivado passados dez dias.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.