Tempo
|

10 de Abril

As autarquias e o contributo que recebem das gerações mais experientes

10 abr, 2014

A convidada é Maria João Quintela, presidente da Associação Portuguesa de Psicogerontologia

No programa de dia 10 de abril estão em destaque as autarquias e o papel e contributo que podem receber das gerações mais experientes.

Há bons exemplos de projectos que contribuem para um envelhecimento activo. Conheça, por exemplo, o caso da autarquia de Lagos que recentemente criou um Conselho Municipal Sénior.

Vale a pena também conhecer alguns exemplos de autarquias portuguesas que procuram tornar as suas cidades “amigas dos seniores”. Há mesmo cidades candidatas à “Rede Global de Cidades ou Comunidades Amigas das Pessoas Idosas”.

Ao longo da semana, participe aqui no site da Renascença. E, claro, todos os dias são bons para partilhar boas práticas que conhece, por exemplo, na sua autarquia em relação aos seniores. Será que colabora activamente na CM, na junta de freguesia? E a sua cidade é agressiva ou amiga das pessoas mais velhas?
Os passeios, o estacionamento, os transportes, a segurança ou falta dela? Pode enviar as suas perguntas, dúvidas e sugestões para valor@rr.pt.

Valor Mais, um programa da Renascença com o patrocínio da Conta BIC Sénior, damos valor à sua experiência. Banco BIC, crescemos juntos.
O Banco BIC reconhece o valor único da sua experiência e por isso criou a conta que lhe traz vantagens e benefícios exclusivos: a conta BIC Sénior, para clientes a partir dos 55 anos.
Mais informação
AQUI.