Quadro “Descida da Cruz” em exposição de longa duração a partir de sábado
29-05-2024 - 18:18
 • Maria João Costa

A pintura de Domingos Sequeira vai integrar a exposição permanente do Museu Nacional Soares dos Reis, no Porto, a partir de 1 de junho. Estão programadas visitas guiadas e atividades para famílias

Volta a estar disponível ao olhar do público a obra “Descida da Cruz” de Domingos Sequeira. A partir de 1 de junho, a pintura será exposta no Museu Nacional Soares dos Reis (MNSR), no Porto, onde integrará a exposição de longa duração.

Adquirido pela Fundação Livraria Lello e colocado em depósito no MNSR, o quadro vai ser mostrado numa sala que já tem outros trabalhos do artista.

Em comunicado, esta quarta-feira, a Museus e Monumentos de Portugal, indica que a “exposição de longa duração do Museu Nacional Soares dos Reis tem já patentes quatro óleos e um conjunto significativo de desenhos de Domingos Sequeira”.

A tela “Descida da Cruz” vai assim “enriquecendo o acervo disponível” naquele museu onde serão igualmente “expostos desenhos preparatórios da obra, pertencentes ao acervo do museu, alimentando um “diálogo” entre a coleção do museu e este valioso novo depósito”.

Recorde-se que a peça foi colocada à venda numa feira de arte, tendo a Fundação Lello adquirido a obra e já a exposto na sua sede no Mosteiro de Leça do Bálio.

Datada de 1827, esta pintura de caráter religioso “faz parte de um grupo de quatro pinturas tardias de Domingos Sequeira, executadas em Roma, onde o artista morreu em 1837”, indica o comunicado.

Para assinalar a exposição desta obra do artista português, o MNSR organizou um conjunto de atividades, todas de entrada gratuita, mas com inscrição obrigatória.

Assim, no sábado haverá uma série de visitas guiadas à pintura ‘Descida da Cruz’, agendadas para as 10h30, 11h30, 15h00 e 16h00.

Segundo o MNSR, porque o dia 1 de junho é também o Dia Mundial da Criança, “será promovida uma oficina para famílias com crianças entre os 6 e os 12 anos, marcada para as 15h30, inspirada na temática da obra de Domingos Sequeira”.

Já a 27 junho, pelas 18 horas, está agendado uma conversa em torno da vida e obra de Domingos Sequeira que contará com as participações do crítico de arte José Luís Porfírio, o diretor do MNSR, António Ponte e a gestora da coleção de pintura do museu, Ana Paula Machado.