Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

88.º aniversário da Renascença

Concerto Renascença. Vienna Johann Strauss Orchestra em Portugal

27 jun, 2024 - 07:50 • Olímpia Mairos

Espetáculo a 5 de abril de 2025. Será o momento alto das comemorações dos 88 anos da Renascença. Os bilhetes já estão à venda.

A+ / A-

A Vienna Johann Strauss Orchestra vai estar em Portugal no dia 5 de abril de 2025, às 21h30, no MEO Arena, em Lisboa. O concerto faz parte das celebrações do 88.º aniversário da Renascença.

Pela primeira vez no nosso país, esta orquestra, dirigida pelo maestro austríaco Alfred Eschwé, é composta por 55 músicos, que utilizam os mesmos instrumentos e formação que encantavam os salões da nobreza europeia há quase dois séculos e que continuam a encantar o público de todo o mundo.

No ano em que se assinalam os 200 anos do nascimento de Johann Strauss II, as mais reconhecidas e amadas obras do compositor austríaco Johann Strauss II são assim trazidas ao nosso país pela orquestra que é herdeira da Dinastia Strauss - uma família pautada pela música, pela originalidade e pela leveza.

No espetáculo que promete uma performance única e irrepetível vai ser possível ouvir as valsas, polcas e operetas que ajudaram a fazer de Viena a “cidade da Música” e explicam porque Johann Strauss II é, ainda hoje, o “Rei da Valsa”.

Os bilhetes, a partir de 45 euros, já estão à venda em toda a rede MEO Blueticket.

Sobre a Vienna Johann Strauss Orchestra

A Vienna Johann Strauss Orchestra foi fundada em 1966, quase 120 anos após a fundação da Orquestra Strauss. Foi a grande procura por interpretações de qualidade da música "leve" de Viena, que levou um grupo de músicos de exceção à sua fundação usando a mesma formação e instrumentos que a Orquestra Strauss original.

Edouard Strauss II, sobrinho-bisneto de Johann Strauss II - cujo bicentenário se assinala em 2025 - foi o primeiro maestro desta formação, até à sua morte repentina em 1969.

Coube a Willi Boskovsky substituí-lo, e é sob a batuta deste austríaco que a música de Strauss chega a milhões de pessoas por meio de gravações e dos Concertos de Ano Novo na televisão.

Atualmente a orquestra é dirigida pelo maestro austríaco Alfred Eschwé, reconhecido como um dos maiores especialistas mundiais na música de Johann Strauss II, o chamado "Rei da Valsa". Rege regularmente as principais orquestras em toda a Europa, bem como nos Estados Unidos, Japão e Coreia, para dar a conhecer e levar até todos a música da dinastia Strauss.

Numerosos lançamentos de obras de programas de Strauss e recitais de operetas comprovam a sua notável competência neste género.

Ao longo de vários anos, Alfred Eschwé estabeleceu uma estreita colaboração com orquestras como a Tonkunstlerorchester Niederösterreich, a Orquestra Sinfónica de Hamburgo e a Orquestra da Rádio WDR em Colónia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ana Mota
    04 jul, 2024 Setúbal 13:34
    Adorava ir. A melhor orquestra do mundo. Parabéns.

Destaques V+