A+ / A-

José Pedro Castanheira vence Grande Prémio de Literatura de Viagens da APE

25 mai, 2023 - 12:05 • Lusa

Ao prémio concorreram obras publicadas no ano de 2022. O valor monetário deste Grande Prémio é de 12.500 euros.

A+ / A-

O livro "Volta aos Açores em Quinze Dias", do jornalista José Pedro Castanheira, editado pela Tinta-da-China, venceu o Grande Prémio de Literatura de Viagens Maria Ondina Braga, anunciou esta quinta-feira a Associação Portuguesa de Escritores (APE).

De acordo com o júri do prémio, coordenado por José Manuel Mendes, "Volta aos Açores em quinze dias. Diário de Bordo de uma viagem para (Não) esquecer" é um "diário de bordo", mas o que "à partida poderia parecer um formato algo limitado, acaba por ultrapassar o mero jornalismo (ainda que o mais brilhante) para se transformar na partilha com o leitor, sempre interpelado, de uma experiência rica de convivências humanas e não só, das mais elementares às mais profundas".

"Ao longo desta aventura náutica, cheia de peripécias, contratempos, ameaças (que vão do irónico ao aterrador), o jornalista vai-se transformando no Narrador assumido, no "cronista" nada "reformado", em contradição absoluta com a expressão que a dado passo utiliza para se qualificar. Ironicamente, claro", lê-se ainda na ata do júri.

O júri, constituído ainda pelos professores e investigadores Cândido Oliveira Martins, Guilherme d"Oliveira Martins e Paula Mendes Coelho, atribuiu o prémio por unanimidade.

Nesta 6.ª edição da Grande Prémio de Literatura de Viagens Maria Ondina Braga, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores com o patrocínio da Câmara Municipal de Braga, concorreram obras publicadas no ano de 2022.

O valor monetário deste Grande Prémio é de 12.500 euros para o autor distinguido.

No ano passado, o vencedor deste prémio foi António Mega Ferreira, com "Crónicas italianas".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+