Tempo
|
A+ / A-

​Ranking 2022

“Extremamente Desagradável” é (outra vez) o podcast mais ouvido no Spotify

30 nov, 2022 - 15:37 • Cristina Nascimento

Plataforma de streaming divulga os rankings de 2022. Na música, o artista mais ouvido é “The Weeknd” e o artista português mais ouvido é Ivandro.

A+ / A-

A rubrica da Renascença “Extremamente Desagradável” foi o podcast mais ouvido em Portugal, em 2022, no Spotify. Os rankings do ano desta plataforma de streaming foram revelados esta quarta-feira.

O ”Extremamente Desagradável”, da autoria da humorista Joana Marques, repete o primeiro lugar da tabela que já tinha conquistado pelo menos em 2021.

Também este ano, a humorista ganhou o Globo de Ouro na categoria de Personalidade do Ano Digital.

Em segundo lugar na lista divulgada pelo Spotify está "ask.tm", de Pedro Teixeira da Mota, e no número três está “Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer”, com Ricardo Araújo Pereira, Pedro Mexia e João Miguel Tavares.

Na música, o artista mais ouvido em Portugal é “The Weeknd”, enquanto que o artista português que lidera é Ivandro.

Quanto a músicas, a mais ouvida em Portugal foi “Dançarina”, de Pedro Sampaio, seguida de “Malvadão 3” e “As it Was”, de Harry Styles.

A nível internacional, o artista mais ouvido em 2022 foi Bad Bunny, seguido de Taylor Swift e depois Drake.

A música mais ouvida, em todo o mundo, foi "As It Was", de Harry Styles.

Mulheres à beira de um ataque de nervos no Qatar - Extremamente Desagradável
Veja aqui o Extremamente Desagradável desta quarta-feira

Oiça os episódios de Extremamente Desagradável aqui.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+