Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Nova Iorque. Kevin Spacey no banco dos réus por agressão sexual

06 out, 2022 - 08:44 • Redação com agências

Responde a uma ação civil movida pelo ator Anthony Rapp, que o acusa de agressão sexual numa festa em 1986 em Manhattan, quando tinha 14 anos.

A+ / A-

Kevin Spacey vai a julgamento, esta quinta-feira, num processo civil por uma alegada agressão sexual a um rapaz há 36 anos. O ator está a ser processado em Nova Iorque por Anthony Rapp.

A ex-estrela de House of Cards negou as acusações de que está a ser alvo.

Tanto Rapp, agora com 50 anos e também ator (atualmente figura na série "Star Trek: Discovery"), como Kevin Spacey vão estar presentes no tribunal federal de Manhattan quando o julgamento for iniciado com a seleção do júri.

A alegada vítima diz que o seu agressor tinha cerca de 26 ou 27 anos quando se encontrou com ele numa festa em 1986, quando tinha 14 anos.

Num artigo do Buzzfeed de outubro de 2017, Anthony Rapp disse que Spacey o tinha ido buscar, colocado numa cama e se deitado em cima dele. O processo judicial diz que o alegado encontro não durou mais do que dois minutos: "não houve beijos, não houve nudez, nem declarações ou insinuações sexuais".

A acão judicial foi apresentada em setembro de 2020 e acusa Spacey de insinuações e agressão sexual.

A vítima pede uma indemnização de mais de 40 milhões de euros.

Um dia após o artigo ter sido publicado, Kevin Spacey escreveu nas redes sociais que não tinha memória do que Rapp havia descrito. "Se me comportei como ele descreve, devo-lhe o mais sincero pedido de desculpas pelo que teria sido um comportamento profundamente inapropriado de embriaguez", escreveu o ator.

Em 2016, as acusações de agressão sexual que alegavam que Spacey apalpou um jovem de 18 anos num restaurante em Massachusetts caíram em 2019 depois dos advogados do ator terem argumentado que o acusador tinha manipulado mensagens de texto no seu telefone.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+