Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Exposição do fotógrafo Steve McCurry a partir do final de setembro em Lisboa

17 ago, 2022 - 19:01 • Lusa

Com mais de 100 fotografias, “ICONS” vai estar patente na Cordoaria Nacional entre 23 de setembro e janeiro de 2023.

A+ / A-

A Cordoaria Nacional, em Lisboa, acolhe a partir de 23 de setembro uma exposição com as “imagens mais emblemáticas” captadas pelo fotógrafo norte-americano Steve McCurry, incluindo o retrato de uma menina afegã que foi capa da revista National Geographic.

De acordo com a promotora da exposição, em comunicado, “ICONS” apresenta mais de cem fotografias “de grande formato”, incluindo “as imagens mais emblemáticas de McCurry, como o lendário retrato que fez da menina afegã Sharbat Gula, em 1984, e que foi capa da revista National Geographic em 1985”.

Na mostra, com curadoria da italiana Biba Giacchetti, cofundadora da agência Sudest57, “o público viajará pelo universo fotográfico de Steve McCurry, num trajeto que o levará do Afeganistão à Índia, do Sudeste Asiático a África, de Cuba aos Estados Unidos ou do Brasil a Itália: um fascinante repertório de imagens em que o elemento humano é sempre o protagonista”.

Além das fotografias, “ICONS” inclui vídeos “sobre as viagens do fotógrafo, as suas aventuras e a sua profissão, que revelam algumas das chaves da sua vida, explicam como as imagens foram captadas e quem são as pessoas nelas retratadas”.

Steve McCurry nasceu em Filadélfia, no estado norte-americano da Pensilvânia, em 1950. Na mesma cidade, estudou cinema, na Universidade Estadual da Pensilvânia, antes de começar a trabalhar num jornal local.

De acordo com informação disponível no ‘site’ oficial da Sudest57, que representa o fotógrafo, depois de vários anos de trabalho em regime ‘freelance’, Steve McCurry fez a primeira de muitas viagens à Índia. Desde então, captou “imagens impressionantes” nos seis continentes. “O seu trabalho abrange conflitos, culturas em extinção, tradições antigas e cultura contemporânea, destacando sempre o elemento humano”, lê-se no ‘site’.

Ao longo da carreira foi distinguido com vários prémios, incluindo quatro World Press Photo, e foi ordenado Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras pelo Governo francês.

“ICONS” estará patente na Cordoaria Nacional entre 23 de setembro e janeiro de 2023, entre as 10h00 e as 20h00. Os bilhetes têm preços a partir dos seis euros, sendo a entrada gratuita para crianças até aos 3 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+