Tempo
|
A+ / A-

Dr. Feelgood no Porto Blues Fest

17 mai, 2022 - 13:34 • Lusa

Palácio de Cristal recebe quinta edição do festival dedicado à música blues, nos dias 29 e 30 de julho.

A+ / A-

A 5.ª edição do Porto Blues Fest traz ao Palácio de Cristal, a 29 e 30 de julho, os britânicos Dr. Feelgood e assume-se como uma "plataforma de consciencialização" para a necessidade de reflorestação, anunciou hoje a organização.

Em comunicado, a organização, a cargo da promotora Trovas Soltas, em parceria com a In Rock We Trust e a empresa municipal Ágora, salienta, da programação do evento, que vai decorrer dias 29 e 30 de julho, a presença de Dr. Feelgood, que vão chegar ao Porto com novo disco.

Os Dr. Feelgood, considera a organização, são uma "instituição" do blues mundial, formada nos anos 1960 por Lee Collinson, Chris White e John Sparkes em Canvey Island, no Essex, Inglaterra.

Em 2022, o Porto Blues Fest assume uma nova preocupação: "Vai ser uma plataforma de consciencialização quer do público que o visita, quer da população em geral, para a necessidade de se reabilitar ecologicamente áreas ardidas, degradadas ou subaproveitadas, através da adequada gestão da vegetação e da plantação e manutenção de árvores e arbustos nativos da região", salienta no texto Adalberto Ribeiro, um dos responsáveis pela organização.

O festival vai contribuir para o reflorestamento de um hectare de floresta.

"Foi a forma que encontrámos de compensar as emissões de CO2 produzidas pelo festival e participar no esforço conjunto para atingirmos o objetivo de emissões 0. Cada pessoa que irá assistir ao festival irá também dar o seu contributo para o sucesso desta missão, ao adquirir o seu bilhete estará a contribuir com 1 euro, que será doado ao nosso parceiro", explicou a organização.

Os bilhetes estão à venda a partir de dia 23 de maio.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+