Tempo
|
A+ / A-

Rostos de quatro portugueses da ONU em selos desenhados por alunos

13 jan, 2022 - 07:55 • Lusa

Maria de Lourdes Pintasilgo, Diogo Freitas do Amaral, Jorge Sampaio e António Guterres foram os homenageados.

A+ / A-

Os rostos de Maria de Lourdes Pintasilgo, Diogo Freitas do Amaral, Jorge Sampaio e António Guterres desenhados por alunos de escolas portuguesas estão em circulação numa emissão de selos dos CTT.

Trata-se dos desenhos vencedores do concurso "Rostos Portugueses na ONU" dirigido aos alunos de todos os anos de escolaridade de Portugal e das escolas portuguesas no estrangeiro.

O concurso integrou o programa dos 75 anos da Organização das Nações Unidas e dos 65 anos da adesão de Portugal à ONU, assinalados em 2020.

Maria de Lourdes Pintasilgo foi embaixadora na UNESCO em 1975, Freitas do Amaral presidiu à Assembleia Geral da ONU em 1995 e Jorge Sampaio desempenhou, entre 2006 e 2013, as funções de enviado especial do secretário-geral para a luta contra a tuberculose e alto representante da ONU para a Aliança das Civilizações.

António Guterres é secretário-geral da ONU desde 2017, depois de ter sido o Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados entre 2005 e 2015.

O concurso visou "valorizar a ONU e os portugueses com ação de destaque nas Nações Unidas", disse o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, na cerimónia de entrega de prémios aos alunos vencedores, que decorreu na sede do Ministério dos Negócios Estrangeiros, no Palácio das Necessidades, em Lisboa.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, referiu outros nomes de portugueses ligados à ONU, mas justificou a escolha dos quatro levados a concurso por serem "protagonistas da história das Nações Unidas".

"São figuras muito representativas do contributo de Portugal para as Nações Unidas", disse.

Os desenhos escolhidos para a emissão filatélica especial são da autoria de alunos de escolas de Lisboa (imagem de Maria de Lourdes Pintasilgo), do Porto (Jorge Sampaio), de Guimarães (Freitas do Amaral) e de Viseu (António Guterres).

O júri do concurso organizado pelos dois ministérios também premiou trabalhos de alunos de escolas portuguesas em Angola, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Timor-Leste e Macau, além de outras em Portugal.

A emissão filatélica é composta por quatro selos com o valor facial de 54 cêntimos, com uma tiragem de 75.000 exemplares cada, de acordo com os CTT.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+