Tempo
|
A+ / A-

​Pavilhão de Portugal na Expo Dubai soma 300 mil visitantes

13 jan, 2022 - 06:09 • Maria João Costa

Esta quinta e sexta-feira, Portugal promove dois dias de iniciativas para assinalar o dia nacional na Expo Dubai. É com música, mas também um seminário para atrair investimento que o país se promove na primeira feira mundial do Médio Oriente.

A+ / A-

O Pavilhão de Portugal na Expo do Dubai já superou os 300 mil visitantes. O número é avançado em entrevista à Renascença pelo comissário português. Luís Castro Henriques fala na elevada adesão do público, no dia em que Portugal começa as iniciativas que vão culminar na celebração do dia nacional, na sexta-feira.

O representante português lembra que esta Expo, a primeira mundial no Médio Oriente, “está a decorrer em contexto de pandemia e, portanto, há grandes períodos de confinamento”. Em declarações a partir do Dubai, Luís Castro Henriques sublinha que os visitantes do pavilhão nacional são, “não só locais, como pessoas da região”.

Sexta-feira é Dia de Portugal na Expo do Dubai. A data é marcada pelas cerimónias oficiais, com o hastear da bandeira e o hino nacional. A data ficará também marcada por diversos espetáculos onde participam a cantora Teresa Salgueiro e os guitarristas António Chainho e Marta Pereira da Costa.

Esta quinta-feira, a anteceder o dia nacional, é promovido um seminário para atrair investimento económico para o país. Luís Castro Henriques explica que, “na prática, o que se quer é apresentar Portugal nos seus diferentes domínios na área produtiva”.

Numa iniciativa em que participam membros do Governo, mas também das universidades e do mundo empresarial quer-se dar a conhecer “os principais fatores de competitividade, diferenciadores do país, mas também casos de sucesso, de parcerias entre empresas e universidades estrangeiras”, indica o comissário.

Azeite português faz sucesso no Dubai

Se no restaurante a procura pelo bacalhau é grande, na loja do Pavilhão de Portugal é o azeite que é rei.

A iguaria está entre os produtos mais vendidos, confirma Luís Castro Henriques. Em entrevista à Renascença, o também presidente do AICEP refere que o azeite que têm à venda na loja “é de altíssima qualidade”.

Além do azeite, os visitantes levam também como recordação de Portugal “algumas pequenas peças de porcelana ou azulejaria”, confirma o comissário.

Esta quinta-feira na feira, na Expo Dubai serão também lançadas as edições de “Os Lusíadas”, de Luís de Camões, e a “Mensagem”, de Fernando Pessoa, em árabe. É uma das iniciativas que assinala os 116 anos da Livraria Lello e que antecede o Dia de Portugal.

Na sexta-feira destaca-se também a estreia de um novo tema da cantora Teresa Salgueiro que fechará o dia nacional com um concerto. O tema intitulado “Al Qantara”, que em árabe significa “ponte”, será interpretado pela ex-vocalista dos Madredeus, acompanhada pelas guitarras portuguesas de António Chainho e Marta Pereira da Costa, e o grupo Retimbrar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+