Tempo
|
A+ / A-

Editor Zeferino Coelho distinguido com Prémio Vasco Graça Moura

03 jan, 2022 - 11:37 • Maria João Costa

Com mais de 50 anos de atividade, o atual editor da Caminho, que já publicou oito prémios Camões, entre eles José Saramago, foi o nome escolhido pelo júri do Prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural 2022

A+ / A-

É um “promotor da literatura e da cultura de língua portuguesa no mundo”. É desta forma que o júri do Prémio Vasco Graça Moura – Cidadania Cultural/2022 se refere a Zeferino Coelho, o editor da Caminho que este ano foi distinguido com o prémio atribuído pela Estoril Sol.

Em comunicado, aquela entidade que há sete ano promove o prémio indica que o editor Zeferino Coelho é premiado pela sua atividade de mais de 50 anos. O júri, presidido por Guilherme d’Oliveira Martins, enaltece a “ação desenvolvida, ao longo de mais de cinquenta anos, como editor e ativo promotor da literatura e da cultura da língua portuguesa no mundo”.

Na ata recorda-se o seu percurso ímpar. “Foi editor de José Saramago, desde o romance 'Levantado do Chão' e todos os outros livros publicados, até à sua morte”. Refere-se ainda que o editor da Caminho, publicou oito vencedores do Prémio Camões, o mais importante galardão da língua portuguesa.

Entre os distinguidos que Zeferino Coelho publicou estão José Craveirinha que recebeu o prémio em 1991, José Saramago galardoado em 1995, Sophia de Mello Breyner de 1999, Luandino Vieira a quem foi atribuído o prémio em 2006, embora tenha recusado, Arménio Vieira que venceu em 2009, Mia Couto em 2013, Germano Almeida em 2018 e mais recentemente, no ano passado, Paulina Chiziane.

“Só por si, este conjunto de autores editados, entre muitos mais, demonstra bem a importância da intervenção cultural do premiado, em especial no tocante à difusão nacional e internacional da literatura de língua portuguesa”, destaca o júri.

Nascido em Paredes, em 1945, Zeferino Coelho é licenciado em Filosofia pela Universidade do Porto. Despertou para a atividade editorial dando os primeiros passos na Editorial Inova em 1969 onde permaneceu até 1971. Em 1977 criou a Editorial Caminho, onde permanece, estando hoje integrada no Grupo LeYa.

“É considerado, desde há muito tempo, como um dos mais importantes nomes do cenário editorial lusófono. Através da Caminho, que atualmente integra o grupo LeYa, foi o editor do único Nobel da Literatura portuguesa, José Saramago, bem como de um prestigiado elenco de outros autores de referência do mundo lusófono”, diz a Estoril Sol em comunicado.

No passado, Zeferino Coelho foi condecorado, em 2019 pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com a insígnia de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique e, nesse mesmo ano, foi homenageado na Feira do Livro de Leipzig, na Alemanha.

Instituído em 2015, o Prémio Vasco Graça Moura-Cidadania Cultural tem o valor pecuniário de 20 mil euros e foi criado em homenagem à memória do escritor, poeta, tradutor e político social-democrata Vasco Graça Moura que morrem em 2014.

Nas últimas edições, o prémio distingui, entre outros, Emílio Rui Vilar, o administrador não-executivo da Fundação Calouste Gulbenkian, o ensaísta Eduardo Lourenço, o jornalista e diretor do Jornal de Letras José Carlos Vasconcelos ou o fadista Carlos do Carmo.

O júri desta 7.ª edição foi presidido por Guilherme d'Oliveira Martins e constituído por Maria Alzira Seixo, José Manuel Mendes, Manuel Frias Martins, Maria Carlos Gil Loureiro, Liberto Cruz, José Carlos de Vasconcelos e Dinis de Abreu, em representação da Estoril Sol.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+