Tempo
|
A+ / A-

Mia Couto lança novo livro em Maputo

13 out, 2021 - 07:58 • Lusa

Na obra, o escritor mantém a "visão mítica e poética" da existência humana, misturando ironia e humor, em histórias marcadas por um olhar critico sobre a história de Moçambique.

A+ / A-

"O caçador de elefantes invisíveis" tem por base uma seleção de crónicas publicadas na revista portuguesa Visão. O escritor moçambicano Mia Couto lança, esta quarta-feira, o novo livro em Maputo.

"Das crónicas publicadas, o autor fez uma seleção e reescreveu-as na forma de contos", lê-se no comunicado da Fundação Leite Couto.

A obra será lançada no espaço cultural da Fundação Leite Couto, criada em memória do pai de Mia Couto.

"Do processo de retrabalhar as pequenas prosas resultaram marcantes narrativas que cobrem a atualidade do nosso mundo e vão desde a pandemia ao drama da guerra em Cabo Delgado [província afetada por ataques rebeldes há quatro anos no norte de Moçambique]", acrescenta o comunicado.

Na obra, Mia Couto mantém a "visão mítica e poética" da existência humana, misturando ironia e humor, em histórias marcadas por um olhar critico sobre a história de Moçambique.

Mia Couto nasceu na Beira, em Moçambique, em 1955, tendo sido jornalista e professor. Atualmente é biólogo e escritor.

Prémio Camões em 2013, Mia Couto é autor, entre outros, de "Jesusalém", "O Último Voo do Flamingo", "Vozes Anoitecidas", "Estórias Abensonhadas", "Terra Sonâmbula", "A Varanda do Frangipani" e "A Confissão da Leoa".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+