Tempo
|
A+ / A-

Portugal Fashion está de volta ao Porto em formato físico

08 out, 2021 - 07:44 • Lusa

Ao longo de cinco dias, a moda portuguesa vai estar em destaque no edifício da Alfândega do Porto. Para aceder ao evento é necessário usar máscara e apresentar o certificado digital da Covid-19.

A+ / A-

O Portugal Fashion regressa ao Porto, de 12 a 16 de outubro, em formato físico, mas a exigir apresentação de certificado digital, depois de, na última edição ter sido integralmente em formato digital, devido à pandemia.

Ao longo daqueles cinco dias, a moda portuguesa vai estar em destaque no edifício da Alfândega do Porto, onde vão ser realizados mais de 30 desfiles de moda de "designers" e marcas lusitanas, mesas redondas, conversas, "showrooms" e um "brandup market".

Para se poder aceder ao evento de moda, na Alfândega, tanto para os desfiles, como para o "brandup market" e outras iniciativas, vai ser necessário apresentar o certificado digital da Covid-19, avançou fonte oficial da organização do Portugal Fashion.

"No caso de a pessoa não o ter, terá de apresentar um teste negativo certificado, com o máximo de 48 horas. Também será medida a temperatura à entrada de Alfândega. É necessário usar máscara no interior, e as lotações para os desfiles são, ainda, restritas, e com as devidas normas de distanciamento social".

O primeiro dia da 49.ª edição do Portugal Fashion arranca esta próxima terça-feira, dia 12 de outubro, pelas 14h00, com "talks" (conversas) e mesas redondas sobre moda em Portugal e África.

"Bloom Upload", plataforma do Portugal Fashion que apoia os jovens criadores nacionais, apresenta, a partir das 18h00, desfiles de Huarte, Rita Ibs e Ahcor.

Ainda nesse dia, vão ser conhecidos os vencedores do concurso "Bloom PWD By Sonae" e também vai haver espaço para revelar os vencedores do concurso "Eco Design", pela Famalicão cidade do têxtil.

Já no último dia do certame de moda serão também reveladas as coleções de várias marcas de calçado português, designadamente da Nobrand, Fly London, Ambitious e Rufel, entre outras.

Ainda longe da capacidade de outros tempos

Segundo a organização, o formato físico desta 49.ª edição está "ainda longe da capacidade que, em outros tempos, teve para receber público".

"Estamos, em coordenação com a Direção-Geral da Saúde (DGS), em condições para que a capacidade dos espaços sejam o mais próximo do habitual, ainda que distante dos tempos pré-Covid-19", explica fonte oficial da organização.

A 48.ª edição do Portugal Fashion (PF), que decorreu entre 18 e 20 de março, foi integralmente em formato digital e, por isso, teve o nome de "The Sofa Edition", devido à Covid-19.

O Portugal Fashion é um projeto da responsabilidade da Associação Nacional de Jovens Empresários, que conta com o apoio dos seus parceiros estratégicos e é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A Covid-19 provocou pelo menos 4.822.267 mortes em todo o mundo, entre mais de 236,23 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.019 pessoas e foram contabilizados 1.073.268 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+