Tempo
|
A+ / A-

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, foi ao espaço e voltou

20 jul, 2021 - 13:20 • Redação com Lusa

O magnata norte-americano Jeff Bezos, o jovem holandês Oliver Daemen, de 18 anos, e a ex-piloto norte-americana Wally Funk, de 82 anos, viram a Terra de uma janela e viveram em microgravidade durante três ou quatro minutos antes de regressarem.

A+ / A-

O homem mais rico do mundo, Jeff Bezos, foi ao espaço e voltou, na viagem inaugural da nave Blue Origin, que concluiu a sua missão com sucesso.

Bezos saiu da Terra pela primeira vez, na companhia de um estudante e uma pioneira da aviação, que se tornarão na pessoa mais nova e mais velha no espaço.

O voo da Blue Origin, companhia fundada pelo magnata norte-americano em 2000 e no qual seguiu também o seu irmão Mark, descolou do Texas às 14h12 (hora em Lisboa).

Jeff e Mark Bezos, o jovem holandês Oliver Daemen, de 18 anos, e a ex-piloto norte-americana Wally Funk, de 82 anos, conseguiram ver a Terra de uma janela e viver em microgravidade durante três ou quatro minutos antes de regressarem à Terra, a uma zona deserta do Texas, dez minutos depois da descolagem.

O primeiro voo tripulado da Blue Origin ocorre no dia em que se completam 52 anos sobre a chegada dos americanos, e dos dois primeiros humanos, à superfície da Lua.

Clique na seta para percorrer a fotogaleria
Clique na seta para percorrer a fotogaleria

Wally Funk concretizará o sonho de ir ao espaço depois de na década de 60 ter sido rejeitada para o programa de astronautas por ser mulher.

Oliver Daemen, cujo pai, multimilionário, cedeu-lhe o lugar na viagem depois da desistência de outro candidato, que pagara 23,7 milhões de euros pelo bilhete leiloado, é fascinado pelo espaço, Lua e foguetões desde os 4 anos e tem uma licença de piloto privado.

O foguetão New Shepard, no topo do qual está acoplada a cápsula onde seguirão os quatro turistas espaciais, é autónomo e irá alcançar uma altitude de 106 quilómetros, acelerando em direção ao espaço a uma velocidade três vezes superior à do som.


Depois de se separar da cápsula, o New Shepard aterrará na vertical no Texas.

Jeff Bezos, o irmão, o estudante e a ex-piloto regressarão poucos minutos depois ao ponto de partida na cápsula equipada com um paraquedas, que amenizará a descida à Terra.

A primeira viagem turística espacial da Blue Origin sucede em pouco tempo à também inaugural da Virgin Gallactic, onde seguiu o patrão e multimilionário britânico Richard Branson.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Álvaro Costa
    21 jul, 2021 Sines 11:43
    Este senhor,gastou está fortuna,para fazer esta viagem , de 2minutos ,se tivesse gasto este dinheiro para com os sem abrigo do seu pais,era um herói,ou ajudar a comprar vacinas para os países pobres,isso e que tinha mérito.
  • Filipe
    20 jul, 2021 évora 16:51
    Nesta altura do campeonato e com o constante desenvolvimento após Guerra Fria , seria um feito se a notícia revelasse hoje a uma ida à Lua turística . Foram a pouco mais de 100Km coisa que um Mig Russo quase atinge , a Lua está a 300 mil Km´s e a estação espacial a pouco mais de 300 Km . Ora , para bom entendedor percebe que com coisa pouca está a revelar-se por si próprio que o homem nunca esteve na Lua e hoje nem lá consegue ir , fritava com a radiação Solar .

Destaques V+