Tempo
|
A+ / A-

Açores

Azores Fringe Festival entre 1 e 27 de junho com eventos ao vivo e online

30 mai, 2021 - 21:59 • Lusa

Nona edição do festival espalha-se um pouco por todas as ilhas. Inclui "cultura artística de, e para, todas as gerações".

A+ / A-

A nona edição do Azores Fringe Festival arranca na terça-feira com eventos ao vivo e online, com "mais de 200 participantes das nove ilhas dos Açores", num programa que inclui "cultura artística de, e para, todas as gerações".

"A nona edição do Azores Fringe Festival acontece de 1 a 27 de junho, um pouco por todas as ilhas ao vivo e online. Este é o festival internacional de artes com maior participação açoriana. Mais de 200 participantes das nove ilhas dos Açores fazem parte do programa", refere o fundador do Azores Fringe Festival, Terry Costa, numa nota divulgada este domingo.

Segundo a informação enviada às redações, a ilha do Pico, "o epicentro do festival", acolhe "artistas de outras ilhas e ainda um veleiro francês".

"Não será como antes da pandemia da Covid-19, mas fico contente que não vamos ter mais um ano só online, como foi no ano passado", diz Terry Costa, o coordenador do festival, citado na nota em causa.

A associação MiratecArts apresentou "online" a programação da nona edição do Azores Fringe Festival cujo mote desta temporada é "Antes fazer para pequenos grupos, do que não fazer".

Além dos dois eventos públicos a acontecer nos dias 1 e 10 de junho na MiratecArts Galeria Costa, estão programados eventos: às quartas-feiras, no Auditório da Madalena do Pico, com lugares marcados; e às terças-feiras à noite, no Museu dos Baleeiros, com performances de teatro, música, cinema e pintura ao vivo.

A primeira semana do festival acolhe uma mini edição do Encontro Pedras Negras, no Pico, dedicado à escrita.

Do programa faz parte também o primeiro Encontro Açores Oceano Arte que visa incentivar para "mais arte inspirada pelo mar que nos rodeia", enquanto que a tradicional expedição fotográfica "este ano, fica limitada" para quem está na ilha do Pico.

O Azores Fringe Festival contempla também instalações e exposições de arte.

A associação MiratecArts adianta ainda que "várias entidades pelas ilhas apresentam as sessões de filmes curtas", as "Shorts@Fringe", incluindo o EcoMuseu do Corvo, a mais pequena ilha dos Açores.

Na ilha Flores, "o programa ao vivo está a ser planeado para o feriado de 10 de junho" e em São Jorge o festival decorre "um pouco por todo o mês" de junho através da equipa do Atelier de Kaasfabriek, indica a mesma nota.

Já a partir da ilha de São Miguel, e com organização Associação de Violas da Terra, irá decorrer online o primeiro Festival da Viola, enquanto que a Escola Tomás de Borba, em Angra do Heroísmo, oferece apontamentos online dos seus talentosos alunos. .

A programação da nona edição do Azores Fringe Festival pode ser consultada em "www.azoresfringe.com".

O festival pode ser seguido online nas redes sociais da associação MiratecArts e do Azores Fringe.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+