Tempo
|
A+ / A-

“Neverland Firsthand"

Família de Michael Jackson responde a acusações com outro documentário

09 abr, 2019 - 13:02 • Redação

O filme, com um pouco mais de 30 minutos, pretende preservar o legado do rei do pop e refutar todas as acusações feitas contra o artista.

A+ / A-

Veja também:


Um mês após o lançamento do polémico documentário “Leaving Neverland”, a família Jackson responde às acusações e lança “Neverland Firsthand: Investigating the Michael Jackson documentary” – em português, “Neverland em primeira mão: investigando o documentário sobre Michael Jackson”.

Este “contra-documentário” foi dirigido por Liam McEway e está disponível no Youtube com um pouco mais de 30 minutos. Conta com entrevistas dos dois sobrinhos de Michael, Taj e Brandi, e do diretor técnico do cantor, Brad Sundberg, que relata a rotina dentro do rancho “Neverland”.

Brad Sundberg acompanhou a carreira de Michael Jackson e estava com ele frequentemente. “Nunca vi uma criança perto de Michael Jackson com sinais de ter sido assediada, magoada ou abusada”, garante o técnico.

A sobrinha do rei do pop, Brandi, é um dos destaques do documentário. Diz ter namorado durante sete anos com Wade Robson, uma das supostas vítimas da estrela. “Ele sempre foi um oportunista, sabe como posicionar-se em situações diferentes que irão beneficiá-lo”, afirma sobre o ex-namorado.

Segundo Brandi Jackson, Michael foi um dos motivos para que os dois começassem a namorar. “No documentário, [Wade Robson] diz que o meu tio o manteve longe das mulheres, mas não é verdade. Nós falávamos como meu tio nos uniu e acho fascinante que agora seja capaz de apagar 10 anos de sua vida”, critica.

Mas esta declaração é rebatida por Robson, que, através dos seus advogados, enviou um comunicado à revista “Billboard”: “A senhora Jackson não estava com Wade e Michael Jackson quando o abuso ocorreu e, como tal, não tem nada relevante a dizer sobre o assunto”, refere o comunicado.

Desde que foi anunciado o documentário “Leaving in Neverland”, uma produção da HBO em que o rei do pop é acusado de ter abusado sexualmente de crianças, a família Jackson tomou todas as medidas para demonstrar a sua oposição e, segundo a revista “People”, entrou com uma ação no valor de 100 milhões de dólares contra o canal de televisão.

Veja aqui o documentário de resposta da família Jackson:

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+