Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Será que os U2 vão acabar? Os fãs temem que sim

14 nov, 2018 - 16:49

Bono lançou palavras dúbias para a multidão, em Berlim, no último concerto da "Experience + Innocence".

A+ / A-

Há rumores de que os U2, banda de Bono Vox, pode acabar. Os fãs do grupo irlandês interpretaram dessa forma as palavras do vocalista, no último concerto da digressão, "Experience + Innocence", que ocorreu esta terça-feira, em Berlim, na Alemanha.

De acordo com o grupo U2gigs, que normalmente cobre ao vivo os espetáculos da banda, Bono disse à multidão da Mercedes-Benz Arena: “Estamos na estrada à já muito tempo, já lá vão 40 anos e os últimos quatro foram realmente especiais para nós. Agora vamos partir.”

Depois desta afirmação em palco, os fans começaram a fazer conjeturas sobre o que quis Bono dizer com aquelas palavras e se as mesmas não significariam o final da banda que nasceu em 1976.

No entanto, a mesma conta U2gigs, no Twitter, um dos elementos tentou acalmar os seguidores da banda com uma mensagem: “Em todas as tours que cobri, desde o Vertigo, no final de cada uma é sempre a mesma coisa: pânico geral de que fosse a última. Aposto dez dólares de como daqui a pouco tempo vou estar a cobrir outra tour.”

Ainda assim, de seguida, o mesmo grupo de seguidores semeou, de novo, a dúvida ao acrescentar que “esta é a primeira vez em que o pânico é, pelo menos, plausível”.

Ao longo de quatro décadas, a banda irlandesa criou incontáveis sucessos que entraram nos tops mundiais e Bono tem ganho preponderância à escala global também fora da música com a participação me diversas ações solidárias.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+