Tempo
|
A+ / A-

Director do Jornal de Letras vence Prémio Vasco Graça Moura

04 jan, 2017 - 01:20

​José Carlos de Vasconcelos mostrou-se surpreendido e declarou que o JL "é um acto de resistência cultural, cívica e jornalística".

A+ / A-

O jornalista José Carlos de Vasconcelos, director do Jornal de Letras, Artes e Ideias (JL) é o vencedor do Prémio Vasco Graça Moura -Cidadania Cultural, foi anunciado esta terça-feira.

Natural de Freamunde, José Carlos de Vasconcelos, de 76 anos, é considerado, pelo júri, "um raro exemplo de persistência na imprensa portuguesa de âmbito cultural".

Apreciadas as várias candidaturas, a do jornalista recolheu a unanimidade, por ser uma "personalidade que se tem afirmado em todos os domínios em que tem exercido actividade, como das figuras mais marcantes da vida portuguesa nos dias de hoje", refere a ata do júri.

Esta é a segunda edição do Prémio Vasco Graça Moura-Cidadania Cultural, no valor de 40 mil, e o nome da personalidade distinguida é revelado no dia em que o poeta e ensaísta Graça Moura completaria 75 anos.

No ano passado, o distinguido foi o ensaísta Eduardo Lourenço.

“Jornal de Letras é um acto de resistência”

José Carlos de Vasconcelos diz que a atribuição do Prémio Vasco Graça Moura é uma “surpresa muito boa”.

"É um reconhecimento e um incentivo que por vezes é bem preciso, porque a luta e o esforço tem que ser grande, dada a escassez de recursos. Toda a imprensa está em crise, e imagina-se o que é manter um jornal cultural como o Jornal de Letras", disse o jornalista em declarações à agência Lusa.

O JL "faz 36 anos em Março deste ano, e nunca deixou de sair", sublinhou o escritor, para quem o Jornal de Letras "é um acto de resistência cultural, cívica e jornalística".

Parabéns de Marcelo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou José Carlos Vasconcelos, um "nome decisivo do moderno jornalismo português" pela atribuição do Prémio Vasco Graça Moura.

"Felicito, com amizade, José Carlos Vasconcelos pela atribuição do Prémio Vasco Graça Moura - Cidadania Cultural, instituído pela Estoril Sol. É o reconhecimento de um percurso de décadas no qual não se distinguem a actividade cultural e a cidadania", referiu na sua página oficial Marcelo Rebelo de Sousa.

Na curta mensagem, o chefe de Estado salientou que José Carlos Vasconcelos é um "nome decisivo do moderno jornalismo português, nomeadamente com o semanário 'O Jornal', a revista 'Visão', e muito especialmente o 'Jornal de Letras', um caso raro de militância cultural e de atenção à lusofonia".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+