Tempo
|
A+ / A-

"Deu-nos magia para uma vida inteira". O mundo reage à morte de David Bowie

11 jan, 2016 - 10:03

O "camaleão" morreu este domingo aos 69 anos, dias depois do lançamento do seu último álbum, “Blackstar”, colocando um ponto final numa carreira estonteante que durou quatro décadas.

A+ / A-

Veja também:


“Tenho muita pena de dizer que é verdade. Vou ficar offline durante uns tempos.” Duncan Jones, filho de Bowie e da sua ex-mulher Angie Bowie

“Eu cresci a ouvir e a ver David Bowie, o génio da pop. Era um mestre da reinvenção, e acertava sempre. Uma enorme perda.” David Cameron, primeiro-ministro britânico

“Ele fazia sempre aquilo que queria fazer. E queria fazer à maneira dele e queria fazer da melhor maneira. A sua morte foi tal como a sua vida - uma obra de Arte. Fez-nos o “Blackstar”, o seu presente de despedida. Eu sabia há um ano que iria ser assim. Não estava, no entanto, preparado. Ele foi um homem extraordinário, cheio de amor e vida. Vai ficar sempre connosco. Para já, chorar é apropriado.” Tony Visconti, produtor de vários álbuns de Bowie

Eles conheceram Bowie. As histórias dos radialistas
Eles conheceram Bowie. As histórias dos radialistas

“Quando ouvi a notícia da morte fiquei muito, muito triste. ‘Life On Mars’ veio-me à cabeça. Canção maravilhosa, pessoa maravilhosa”". Jeremy Corbyn, líder do Partido Trabalhista inglês

“David Bowie: um artista de múltiplas caras que revolucionou a música. Um herói do rock que nos fez vibrar”. Manuel Valls, primeiro-ministro francês

"Nos anos 1970 publicou um punhado de álbuns fundamentais, dando todas as pistas desde o rock decadente à pop electrónica. (...) Criou a matriz da pop moderna." Jean-Daniel Beauvallet, chefe de redacção da revista musical francesa "Les Inrockuptibles"

"A amizade do David foi a luz da minha vida. Nunca conheci uma pessoa tão brilhante. Ele foi o melhor que há." Iggy Pop, músico norte-americano

“Não há palavras: RIP David Bowie”. Brian Eno, produtor e compositor britânico, colaborou com Bowie em diversos projectos

Dez canções inesquecíveis de David Bowie
Dez canções inesquecíveis de David Bowie

“David Bowie foi uma das minhas maiores inspirações, era tão destemido, tão criativo, deu-nos magia para uma vida inteira.” Kanye West, cantor e rapper norte-americano

“Lamento muito ter ouvido as notícias da morte de David Bowie. Eu era um enorme fã. Desde a altura em que vi o seu concerto do Ziggy Stardust em estudante, achei-o um artista brilhante e um ser humano interessante e entusiasmante. Foi um enorme privilégio quando pude conhecê-lo mais tarde. Os meus pensamentos estão com a sua família e os seus amigos.” Tony Blair, antigo primeiro-ministro britânico

"Ele era muito criativo e tinha sobretudo uma capacidade de se reinventar constantemente. Por alguma razão era o conhecido como o camaleão. Além da música que fez em Inglaterra, nos Estados Unidos, depois foi para Berlim, onde teve influência da música electrónica." Luís Montez, produtor que trouxe o músico a Portugal em 1995

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+