Tempo
|
A+ / A-

Bispo de Aveiro: Votar “pode ser uma prática de conversão”

09 fev, 2024 - 08:28 • Olímpia Mairos

Renúncia quaresmal será destinada, este ano, à diocese de Luena, em Angola, e ao Fundo de Emergência Social da Cáritas Diocesana.

A+ / A-

O bispo da Diocese de Aveiro apela, na sua mensagem para a Quaresma, à participação nas eleições legislativas de 10 de março, afirmando que votar “pode ser uma prática de conversão”.

“Todos somos chamados, através da participação cívica no ato de votar, a contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e menos desigual”, diz D. António Moiteiro.

Na visão do bispo de Aveiro, há valores dos quais não podemos prescindir, “como sejam o respeito pela vida humana, uma sociedade onde as injustiças, as desigualdades sociais e salariais, a corrupção, os lucros desmedidos de alguns, à custa de tantos outros, não tenham lugar nos vários campos da vida social”.

“Votar não é apenas um direito, mas, sim, uma exigência que nasce da fé cristã e que está na Doutrina Social da Igreja. Se queremos uma sociedade mais justa e fraterna devemos contribuir com o nosso voto. Esta pode ser também uma prática de conversão própria da Quaresma”

Na mensagem quaresmal, D. António Moiteiro lembra também que a diocese de Aveiro vive um Ano Jubilar que celebra os 600 anos do início da construção da Igreja do Mosteiro de Nossa Senhora da Misericórdia, atualmente a Catedral, explicando que a ‘Indulgência Plenária’ do jubileu “é concedida nas condições habituais – confissão sacramental, comunhão eucarística e oração pelas intenções do Sumo Pontífice”.

“Tendo em conta o que se proclamará no Domingo de Páscoa - “Jesus aproximou-se deles e pôs-se com eles a caminho”, espera-se que cada um de nós faça também este caminho com Jesus”, indica.

O responsável da Diocese de Aveiro sinaliza que ao longo do caminho é possível “encontrar várias pedras: umas materiais, outras espirituais, umas boas, outras nem tanto, mas a verdade é que todas fazem parte do caminho e todas nos moldam e preparam para que, fortalecidos, motivados e atentos, procuremos Jesus”.

“Apoiados nesta pedra angular e sustentados com o seu amor, juntemos todas as pedras deste caminho e sejamos verdadeiras pedras vivas”, pede.

O prelado faz saber que a renúncia quaresmal será destinada, este ano, à diocese de Luena, em Angola, e ao Fundo de Emergência Social da Cáritas Diocesana.

“As razões do destino da renúncia quaresmal prendem-se com os laços que o Serviço Diocesano de Ação Missionária tem com a diocese angolana e a preocupação com os pobres, os imigrantes e os que não têm condições de vida digna e que todos os dias batem à porta da nossa Caritas, e dos grupos Socio-caritativos e Vicentinos”, explica.

“Para muitos dos nossos irmãos, a vida tem sido muito dura, fruto das desigualdades sociais que se vão acentuando na nossa sociedade”

D. António Moiteiro informa ainda que a diocese vai, realizar nos dias 8 e 9 de março, as ‘24 horas para o Senhor’, “de oração intensa e adoração ao Santíssimo”, a pedido do Papa Francisco, e aconselha a utilização das catequeses ‘Redescobrir as origens e o sentido da celebração da Eucaristia’, como forma de preparação do próximo Congresso Eucarístico Nacional.

Será realizado também um retiro quaresmal, nos dias 16 e 17 de março, na Casa Diocesana de Albergaria, que se pretende “seja um tempo de mais oração e partilha de vida e de encontro com Deus”, em sintonia com a temática do Congresso Eucarístico Nacional ‘Partilhar o Pão, alimentar a Esperança’.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+