A+ / A-

Regina Coeli

“Que as armas se calem”, pede o Papa para a Terra Santa

14 mai, 2023 - 12:07 • Aura Miguel

O Papa pediu paz para a Terra Santa, depois da tentativa de cessar-fogo entre Israel e a Palestina. Francisco rezou por todas "as nações feridas por guerras e violências”

A+ / A-

Os permanentes confrontos entre Israel e a Palestina e a recente tentativa de cessar-fogo assinada este fim de semana, mereceram esta manhã umas palavras do Papa. Francisco implorou a paz para aquela região, tão afetada por conflitos e violência e insistiu que as armas não ajudam a alcançar a paz .

“Nestes dias assistimos de novo a confrontos armados entre israelitas e palestinianos, nos quais perderam a vida pessoas inocentes, incluindo mulheres e crianças”, afirmou o Santo Padre depois de rezar o “Regina Coeli”.

“Espero que a trégua recentemente alcançada se torne estável e que as armas se calem. Porque com as armas nunca se obterá a segurança nem a estabilidade; pelo contrário, continuar-se-á a destruir toda a esperança de paz ”.

Perante os vários grupos e peregrinos de diversos países, Francisco pediu também a Maria, mãe de Deus “para aliviar o sofrimento da martirizada Ucrânia e de todas as nações feridas por guerras e violências”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+