Tempo
|
A+ / A-

Empenhamento para construir a paz defendido hoje no Santuário de Fátima

29 mai, 2022 - 16:25 • Lusa

O bispo emérito de Portalegre-Castelo Branco, Augusto César, defendeu hoje, em Fátima, a necessidade de "muito empenhamento para construir a paz" e rezou pelos envolvidos na guerra na Ucrânia.

A+ / A-

"O ambiente social do nosso tempo precisa de mãos dadas no serviço fraterno e de muito empenhamento para construir a paz", disse o prelado, para quem assume muita importância a oração pelas esperanças e sofrimentos do mundo, pela paz.

Na homilia da missa da peregrinação anual da diocese de Portalegre-Castelo Branco ao Santuário de Fátima, Augusto César deixou também uma palavra aos beligerantes no conflito na Ucrânia.

"Nós rezamos pelos ucranianos que tanto sofrem e são tratados como lixo humano e também pelos adversários que os tratam com tanto desprezo para que se convertam", disse, citado pela página do Santuário de Fátima na Internet.

Depois, o bispo emérito deixou uma mensagem aos milhares de peregrinos presentes em Fátima: "Ser membro da Igreja à conta de uma paróquia ou de uma diocese, equivale a ser irmão de outros irmãos. No contexto em que vivemos da pandemia e da guerra é preciso ser atento a quem vai ou está ao nosso lado e precisa da nossa ajuda".

"É preciso escutar quem vai ao nosso lado e quem se aproxima de nós" enfatizou o bispo, perante uma assembleia em que se encontravam muitos estrangeiros, nomeadamente integrando grupos organizados de peregrinos de Espanha, Irlanda, Itália e Polónia.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+