Tempo
|
A+ / A-

Morte do cardeal Sodano. Papa lembra o “homem exemplar e amável”

28 mai, 2022 - 11:25 • Carla Caixinha

O cardeal italiano, que foi secretário de Estado dos papas João Paulo II e Bento XVI, morreu na sexta-feira à noite, em Roma, aos 94 anos.

A+ / A-

O Papa Francisco mandou uma mensagem de condolências à irmã do cardeal Angelo Sodano, antigo secretário de Estado do Vaticano, que faleceu aos 94 anos, onde recorda o longo serviço prestado à Santa Sé. “Foi um pastor que viveu a sua missão com dedicação e disciplina.”

“Também eu pude aproveitar seus dons de inteligência e coração, especialmente durante o tempo em que exerceu a função de decano do colégio cardinalício”, começa por dizer no telegrama a Maria Sodano.

“A morte do cardeal Angelo Sodano desperta na minha alma sentimentos de gratidão ao Senhor pelo dom deste estimado homem da Igreja, que viveu com generosidade o seu sacerdócio”, escreve Francisco na mensagem, na qual recorda e destaca as “importantes responsabilidades” dentro da diplomacia vaticana, até o delicado cargo de secretário de Estado exercido pelo cardeal entre 1991 e 2006, bem como o “zelo” com que promoveu “diálogo e reconciliação” na representações pontifícias do Equador, Uruguai e Chile.

Segundo o Papa, na Cúria Romana desempenhou “sua missão com dedicação exemplar” e “em todos os cargos se mostrou um homem disciplinado eclesialmente, um pastor amável, animado pelo desejo para espalhar o fermento do Evangelho por toda a parte”.

No telegrama, Francisco termina com orações pelo cardeal e proximidade com sua família e a comunidade de Asti, onde o cardeal Sodano iniciou seu ministério e “com um pensamento especial e agradecido pelas Irmãs de Santa Marta e por aqueles que amorosamente o ajudaram”.

O cardeal Angelo Sodano, que foi secretário de Estado de dois Papas, morreu na noite de sexta-feira no Hospital Columbus-Gemelli, em Roma, onde foi internado por pneumonia após ser positivo à Covid-19.

Visitou o Santuário de Fátima por diversas vezes e foi a voz que deu a conhecer a terceira parte do Segredo de Fátima.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+