Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Peregrinação a Fátima. Tecnologias digitais ajudam peregrinos a pé

09 mai, 2022 - 06:16 • Teresa Paula Costa

Comissão de apoio ao peregrino criou plataforma online que indica os postos de atendimento ao longo do percurso até Fátima e respetivos serviços.

A+ / A-

Os peregrinos que caminham até Fátima têm agora ao seu dispor uma plataforma online, criada pela Comissão de Apoio ao Peregrino e desenvolvida pela VOST Portugal - Associação de Voluntários Digitais em Situações de Emergência - que lhes facilita o processo.

A nova plataforma mostra todos os postos de assistência do Movimento da Mensagem de Fátima, Ordem de Malta e Cruz Vermelha Portuguesa que existem em Portugal e onde é prestado apoio aos peregrinos.

Segundo o vice-presidente do Movimento, que lidera a Comissão de Apoio ao Peregrino, “qualquer pessoa pode aceder e ver os postos de apoio e os serviços que prestam”. São, geralmente, o banho, a dormida e a alimentação, primeiros socorros, enfermaria e espaço de oração, além de apoio psicológico.

Em declarações à Renascença, Miguel Ferreira revela que “os guias que contactámos disseram que estão a usar este canal”. No entanto, o Movimento quer que este recurso chegue a mais peregrinos, por isso, a intenção é que ele seja enriquecido com outras funcionalidades no futuro.

Além desta plataforma online, a Comissão de Apoio ao Peregrino a Pé criou um canal no Telegram. Com o nome Fátima 2022, o canal serve para as entidades de segurança e de apoio ao peregrino divulgarem informação importante para quem caminha até Fátima.

Capacidade de alojamento reduzida nos postos

Em termos de apoio aos peregrinos a pé e embora já não haja restrições, o Movimento da Mensagem de Fátima decidiu não arriscar no que toca à Covid-19. Os postos estão todos abertos, mas com capacidade de alojamento reduzida a metade, nalguns postos.

“Reduziu-se, nalguns casos, a assistência que se podia prestar”, adianta Miguel Ferreira. Em causa estão, sobretudo, as dormidas.

Apesar de as autoridades oficiais já não imporem restrições, “continua a haver algum receio, pois estamos numa endemia de Covid-19 e não queremos que estes postos sejam fonte de possível contágio”.

“Queremos que as pessoas também se sintam seguras”, reforça o vice-presidente do Movimento da Mensagem de Fátima.

Mesmo assim, Miguel Ferreira não acredita que alguns grupos possam ficar sem apoio, pois a preparação da peregrinação terá sido feita ainda num período em que havia restrições e, na altura, havia alternativas.

Assistência a 100% em Fátima

Já em Fátima, todos os espaços disponibilizados pelo santuário estão a funcionar.

“O santuário montou as estruturas de apoio que habitualmente tem para estes dias”, afirma Miguel Ferreira, revelando que “as casas que dão apoio aos peregrinos foram adequadas e, no santuário, mantêm-se os lava-pés e os albergues.”

[notícia atualizada às 16h56]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+