Tempo
|
A+ / A-

​Cáritas de Coimbra angaria brinquedos e jogos para crianças carenciadas

19 abr, 2022 - 16:33 • Ana Lisboa

A iniciativa acontece no âmbito do Dia Internacional da Família que se assinala a 15 de maio.

A+ / A-

O Centro Comunitário de Inserção, um equipamento da Cáritas de Coimbra, está a coordenar esta campanha que até 6 de maio pretende recolher o maior número possível de brinquedos e jogos.

Destinam-se a crianças e jovens carenciados entre os 3 meses e os 13-14 anos.

Os brinquedos e os jogos devem ser novos ou, não sendo, devem estar em boas condições.

Quem quiser contribuir, "poderá fazer chegar junto do Centro Comunitário que se situa na Rua Direita, nº 101, na Baixa da cidade de Coimbra. Ou entregar diretamente na nossa sede no Areeiro", explica a diretora do Centro Comunitário da Cáritas de Coimbra.

Cristina Melo diz que podem também "ir à casa das pessoas, se assim der mais jeito, ou aos seus trabalhos levantar os brinquedos ou os jogos que tenham, porque é uma forma de podermos facilitar um bocadinho a entrega".

Todos estes brinquedos e jogos serão distribuídos no âmbito do Dia Internacional da Família.

A festa não será no dia 15 de maio quando se assinala esta data, mas cerca de uma semana depois, no dia 21, com todas as famílias e crianças apoiadas pela instituição.

Esta responsável sublinha que apoiam "cerca de 50 famílias que inclui 125 crianças, maioritariamente famílias monoparentais, de origem brasileira e dos Palop, embora tenhamos algumas famílias portuguesas".

A ajuda que lhes é dada é muito diversificada e tem a ver com as dificuldades económicas que cada família tem.

Cristina Melo afirma que a "ação social e o apoio que o Centro Comunitário fornece a estas famílias, para além do apoio alimentar, é também o pagamento de pequenas faturas da água, luz, gás ou, então, também através dos apoios feitos à Segurança Social e ao Fundo de Emergência Social da Câmara para o pagamento de rendas".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+