Tempo
|
A+ / A-

Quaresma

Bispo de Viana do Castelo apela à elaboração “de um verdadeiro itinerário da iniciação cristã"

24 fev, 2022 - 14:54 • Ana Lisboa

Na sua mensagem para a Quaresma, D. João Lavrador informa que a renúncia deste ano reverte para a formação de agentes de pastoral em S. Tomé e Príncipe e na sua própria diocese.

A+ / A-

O bispo de Viana do Castelo, D. João Lavrador, apela, na sua mensagem para o tempo de Quaresma que se inicia a 2 de março, a que os "sacerdotes, juntamente com os agentes pastorais mais responsáveis da comunidade, elaborem um verdadeiro itinerário de iniciação cristã, ao longo da Quaresma, assente no dinamismo da liturgia da Palavra de cada domingo".

D. João Lavrador lança este mesmo desafio "aos catequistas, aos diversos movimentos, às famílias e aos jovens".

O bispo pede ainda que se viva "com entusiasmo, com profundidade e com criatividade este tempo de conversão e renovação pessoal e comunitária".

"Vamos centrar-nos no Pai e n’Ele reconhecer como todos os gestos de penitência, de ascese, de conversão, são gestos de amor e de comunhão e, por isso, nos conduzem à verdadeira liberdade e à renovação plena", refere na mensagem.

Neste sentido, o que chama de "itinerário quaresmal" é uma "proposta de renovação dirigida a todos os homens e mulheres do tempo atual, em qualquer circunstância em que se encontrem”.

Por isso, o prelado de Viana do Castelo interpela "os sacerdotes para que dediquem tempo a acolher, a escutar e atender as pessoas, favoreçam e incentivem a celebração do sacramento da reconciliação, organizem tempos comunitários de oração e ‘lectio divina’, renovem com criatividade os atos de piedade popular tão próprios da Quaresma e promovam a visita e a partilha para com quem sofre".

Quanto à renúncia quaresmal deste ano, sublinha, vai ser encaminhada para "necessidades urgentes da pastoral da Igreja. Após consulta ao Conselho Episcopal diocesano, este ano, o contributo reverterá para a formação de agentes de pastoral nas Dioceses de S. Tomé e Príncipe e na nossa de Viana do Castelo".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Joaquim Santos
    24 fev, 2022 Tojal 20:41
    Dê a conhecer Jesus a partir do evangelho de Maria Valtorta. Vai ver que a partir daí, tudo muda. Bispo não serve só para usar mitra. Deve estar atento à Nova Evangelização, e esta passa pelos evangelho de Maria Valtorta, quer queira quer não.

Destaques V+