Tempo
|
A+ / A-

Papa no Chipre

🔴 Em direto. Papa aterra em Chipre para viagem centrada no ecumenismo e migrantes

02 dez, 2021 - 12:53 • Filipe d'Avillez

Francisco fica na ilha até sábado de manhã, altura em que parte para a Grécia.

A+ / A-

O Papa Francisco aterrou esta tarde, por volta das 13h00 (hora de Portugal continental), no aeroporto de Larnaca, em Chipre.

No centro desta 35.ª viagem apostólica do Papa Francisco está a dupla prioridade do ecumenismo e dos migrantes.

De 2 a 4 de dezembro, o Papa estará em Nicósia, capital cipriota, seguindo depois para Atenas.

Em Nicósia Francisco vai encontrar-se com a comunidade católica, quer com os católicos de rito latino, quer com os de rito maronita. Vai também ter encontros com os representantes da Igreja Ortodoxa do Chipre, uma das mais antigas de toda a comunhão ortodoxa, fundada no Século V. A ilha vem referida nos Atos dos Apóstolos, na Bíblia, tendo sido onde os santos Paulo e Barnabé foram em missão.

Esta quinta-feira, depois de uma curta receção oficial no aeroporto, o Papa viaja logo para a catedral de Nossa Senhora das Graças, em Nicósia. Esta é a igreja principal da comunidade maronita no Chipre. A Igreja Maronita é uma igreja de rito oriental, sedeada no Líbano, mas que está presente no Chipre há séculos e é a única comunidade católica com jurisdição própria naquele país.

Francisco não celebra missa com os maronitas, mas fará um discurso diante de representantes religiosos e leigos da comunidade.

Só depois deste encontro é que o Papa segue para o Palácio Presidencial, para uma cerimónia de boas-vindas e uma visita oficial ao Presidente da República, marcada para as 15h30.

O programa oficial desta quinta-feira termina às 16h com um encontro com as autoridades civis e corpo diplomático acreditado ao Chipre, em que Francisco fará um discurso. Tanto o encontro com os maronitas como este encontro com as autoridades civis serão transmitidos em direto pela Renascença.

A dimensão ecuménica da viagem começa bem cedo na manhã de sexta-feira, com um encontro com Crisóstomo II, líder da Igreja Ortodoxa do Chipre. Logo de seguida, às 7h, hora de Lisboa, o Papa encontra-se com o Santo Sínodo da Igreja Ortodoxa Cipriota, onde fará um discurso.

Às 8h Francisco celebra missa para a pequena comunidade católica do Chipre, e o programa oficial só continua às 14h com uma oração ecuménica na Igreja católica da Santa Cruz, em Nicósia, dedicada especialmente aos migrantes.

Tanto a visita ao Santo Sínodo como a missa e a celebração ecuménica podem ser acompanhadas através do site da Renascença.

Na manhã de sábado Francisco parte para a Grécia onde permanece até segunda-feira. Nesta última parte da viagem o ponto alto será a visita ao campo de refugiados em Lesbos.

[Notícia corrigida às 13h46]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+