Tempo
|
A+ / A-

Papa Francisco “profundamente triste” com acidente de autocarro na Bulgária

24 nov, 2021 - 12:20 • Ângela Roque

O Secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, enviou um telegrama de condolências, em nome do Papa. O acidente causou pelo menos 46 mortos, 12 eram crianças.

A+ / A-

O Papa Francisco está “profundamente triste” e chocado com a tragédia que na terça-feira envolveu um autocarro turístico da Macedónia do Norte, que sofreu um acidente na Bulgária, cujo balanço aponta para 46 mortos, 12 dos quais crianças. As vítimas regressavam de uma viagem a Istambul.

Esta quarta-feira foi enviado um telegrama de condolências ao presidente da Macedónia no Norte. A mensagem, assinada pelo Secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, manifesta a “tristeza” do Papa face ao elevado numero de mortos e feridos, e sublinha a sua solidariedade e proximidade na oração para com todos os que foram afetados pela tragédia.

O acidente ocorreu ontem, de madrugada, quando o autocarro se incendiou em plena autoestrada perto da aldeia de Bosnek, a 40 quilómetros a sul de Sófia. O grupo tinha ido passar um fim-de-semana à Turquia e estava a regressar à Macedónia do Norte. Testemunhas dizem que quase todos os passageiros estavam a dormir quando se deu o embate e a explosão.

As causas do acidente não foram ainda confirmadas. Não se sabe se houve um problema técnico, ou se a culpa terá sido do condutor. Algumas fontes suspeitam que o veículo embateu num separador, o que motivou as chamas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+