Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Santa Sé

Vaticano apresentou site de oração pelo Sínodo dos Bispos e nova versão do "Click To Pray 2.0"

19 out, 2021 - 22:23 • Ecclesia

"A Igreja a Caminho – Rezemos por uma Igreja sinodal" é um "espaço virtual contemplativo, onde cada crente poderá partilhar sua oração por uma Igreja sinodal".

A+ / A-

O Vaticano apresentou esta terça-feira o sítio online de oração pelo Sínodo dos Bispos – ‘A Igreja a Caminho – Rezemos por uma Igreja sinodal’ – e a nova versão da plataforma de oração do Papa ‘Click To Pray 2.0’.

“As intenções de oração do Papa fazem parte da oração e do discernimento do Santo Padre e são um convite, no caminho sinodal que iniciamos, a discernir e reconhecer como o Espírito do Senhor nos chama a viver estes desafios da humanidade e da missão”, disse o diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa.

O padre Frédéric Fornos explicou que o ‘Click To Pray’ vai apoiar o processo espiritual do Sínodo da Igreja com outras propostas, por exemplo, a “rezar pela Igreja local com as intenções de oração das Conferências Episcopais” que o desejarem.

‘Oração no centro do processo sinodal’ foi o tema da intervenção do sacerdote Jesuíta que contextualizou que o ‘Click To Pray’, desde 2016, é a plataforma de oração do Papa, para “ajudar a rezar pelos desafios da humanidade e pela missão da Igreja”, expressos nas intenções de oração de Francisco.

O secretário do Dicastério para a Comunicação da Santa Sé salientou que o ‘Click To Pray’ apresenta-se como “um bom e oportuno instrumento” para a comunhão porque propõe um “espaço de comunidade e apoio na e para a oração”, seja na aplicação (APP), no sítio online, como nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, YouTube.

Para o monsenhor Lucio Ruiz também se deve “destacar a importância das redes sociais do Papa” para chegar ao “coração das pessoas, onde quer que se encontrem”, e acompanhá-las no seu caminho.

A coordenadora internacional do ‘Click To Pray’ explicou que a nova versão vai acompanhar os utilizadores a rezar pelo processo sinodal, uma vez que se liga com os conteúdos do sítio online de oração do sínodo, “valorizando estes conteúdos”, e vão começar por partilhar “orações de mosteiros e igrejas locais”.

Bettina Raed destaca como novidades a ‘escola de oração’, “com conteúdos que ajudam a formar e aprofundar a oração”, e a ‘agenda de oração’, que permite a cada utilizador “organizar os conteúdos” com que deseja orar e os horários, “de acordo com sua sensibilidade e desejo”, para além de poderem “personalizar a maneira como rezam”.

A ‘escola de oração’, acrescenta a coordenadora internacional do ‘Click To Pray’, vai apresentar, por exemplo, conteúdos das catequeses do Papa Francisco, do “tesouro espiritual da Igreja” e de projetos globais, como a palavra do dia dos meios de comunicação do Vaticano e ‘Tweeting com Deus’.

A responsável de comunicação da União Internacional das Superioras Gerais (UISG) revelou que sonharam e criaram o sítio online de oração pelo Sínodo dos Bispos – ‘A Igreja a Caminho – Rezemos por uma Igreja sinodal’ — como um “espaço virtual contemplativo, onde cada crente poderá partilhar sua oração por uma Igreja sinodal”.

“Queremos acompanhar todo o caminho sinodal com uma atitude de oração e escuta profunda, premissa indispensável para o discernimento comunitário ao qual o Papa Francisco convida toda a Igreja”, assinalou.

Patrizia Morgante explicou que quem entrar em www.prayforthesynod.va encontra “um espaço para parar”, rezar as suas orações e acolher as dos outros “membros da comunidade universal”: Até ao dia 31 de outubro vão publicar orações enviadas por mosteiros de todo o mundo e, a partir de 1 de novembro, “a comunidade eclesial mundial é convidada a enviar orações nas várias línguas para publicação”.

O ‘Click To Pray’ propõe três momentos de oração ao longo do dia – manhã, tarde e noite – e nasceu em Portugal, em 2014, passados dois anos internacionalizou-se e foi assumido como plataforma oficial de oração pelo Papa Francisco; Atualmente, está disponível em sete idiomas – português, espanhol, inglês, italiano, francês, alemão e chinês tradicional – e tem mais de 2,5 milhões de utilizadores em todo o mundo.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+