Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Médicos católicos fazem encontro nacional para debater Covid e eutanásia

07 out, 2021 - 10:58 • Cristina Nascimento

Encontro realiza-se a 9 de outubro, no auditório da Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa.

A+ / A-

“O que queres que faça por ti?” é o mote para o encontro da Associação Nacional dos Médicos Católicos Portugueses, que se realiza a 9 de outubro. Pretende ser um dia de debate sobre vários temas, nomeadamente a Covid-19, ser jovem na era digital, eutanásia e o transumanismo.

O encontro é de médicos, mas a ideia é ir além dessa esfera, diz José Diogo Martins, presidente da associação.

“Este ano os médicos católicos decidiram fazer um encontro que não fosse centrado exclusivamente em temas médicos, mas que fosse um conjunto de temas que interessasse a toda a população e gente de boa vontade que tenha interesse nos temas que vamos abordar”, explica à Renascença.

Na mesa redonda sobre a Covid será feita uma partilha entre quem teve Covid, quem cuidou de quem teve Covid e uma reflexão sobre este sofrimento que atingiu todos ao mesmo tempo.

“Este sofrimento associado à Covid foi realmente um sofrimento mundial e em simultâneo e, por isso, traz-nos aqui para uma nova dimensão que ainda é mais misteriosa”, diz José Diogo Martins.

O presidente da associação sublinha que “normalmente temos um problema, mas a pessoa ao lado tem outro problema e noutro continente outro problema tem. De repente, e na era moderna será provavelmente a primeira vez que isto aconteceu, seguramente no século XXI, todo o mundo sofre do mesmo”.

Já na mesa redonda sobre eutanásia, o objetivo passa por “olhar para números e factos nos países onde existe já uma lei da eutanásia aprovada e tentar perceber o que realmente aconteceu quando estas leis passam”. Para isso, o evento vai contar com “convidados internacionais que nos vão dar o testemunho do que se passou no Canadá, na Bélgica, na Holanda e também nos Estados Unidos. A ideia, explica José Diogo Martins, é “perceber se verdadeiramente o que acontece é um ato limitado ou aquilo que se designa pela rampa deslizante e que sabemos que é esta segunda opção”.

O Encontro Nacional da Associação dos Médicos Católicos Portugueses, cujo programa pode ser consultado aqui, realiza-se na recém-inaugurada Faculdade de Medicina da Universidade Católica Portuguesa, em Sintra, onde é esperada a presença de 300 pessoas. As inscrições permitem a participação online, mas a organização garante que estão reunidas todas as condições para um encontro presencial em segurança.

O preço de inscrição é de 20 euros, mas é gratuito para jovens universitários.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+