Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Francisco convida a trabalhar pela “Casa comum nestes tempos de grave crise planetária”

01 set, 2021 - 11:43 • Olímpia Mairos

O Papa recordou que, neste primeiro dia de setembro, tem início o Tempo da Criação 2021 e anunciou uma mensagem que será divulgada nos próximos dias, preparada em conjunto com o Patriarca Ecuménico Bartolomeu I e o arcebispo de Cantuária, Justin Welby.

A+ / A-

O Papa Francisco exortou, esta quarta-feira, os fiéis à oração e ao trabalho pela “Casa comum” em tempos de grave crise planetária.

Na Audiência Geral desta quarta-feira, Francisco recordou a celebração do Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação e o início do Tempo da Criação, “tradicional tempo ecuménico de cura e esperança que exorta a renovar a nossa relação com Deus e com tudo o que nos circunda”.

“Hoje celebramos o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação. É o início do Tempo da Criação, que se concluirá no dia 4 de outubro, festa de São Francisco de Assis”, disse Francisco, lembrando que este ano o tema é: "Uma casa para todos. Renovar o oikos de Deus”.

“Junto com os irmãos e irmãs de diferentes confissões cristãs, rezemos e trabalhemos pela nossa Casa comum nestes tempos de grave crise planetária”, pediu o Papa, indicando que nos próximos dias será divulgada uma mensagem preparada em conjunto com o Patriarca Ecuménico Bartolomeu I e o arcebispo de Cantuária, Justin Welby.

De acordo com o “Vaticano News”, na Audiência Geral desta quarta-feira, realizada na Sala Paulo VI, marcou presença uma delegação de cem pessoas do Movimento “Laudato si”, celebrando, assim, o início do “Tempo da Criação”, cujo símbolo este ano é a Tenda de Abraão, que representa o compromisso de salvaguardar um lugar para todos os que compartilham a Casa comum.

Com referência a Abraão e ao Livro do Génesis, o movimento, nascido em 2015, convida a montar uma tenda nos jardins como sinal de hospitalidade aos excluídos, rezando com e pelos mais vulneráveis de cada comunidade, no sinal de um compromisso de criar uma casa para todos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+