Tempo
|
A+ / A-

Quaresma

Conferências Episcopais da Europa rezam pelas vítimas da pandemia

17 fev, 2021 - 23:00 • Ana Lisboa

Episcopados católicos da Europa comprometem-se a realizar pelo menos uma missa por esta intenção. Em Portugal a celebração vai acontecer a 16 de março.

A+ / A-

A partir desta Quarta-feira de Cinzas e durante toda a Quaresma, os Presidentes das Conferências Episcopais da Europa convidam à realização de uma cadeia de oração pelas vítimas da Covid-19.

As celebrações diárias nos vários países, incluindo Portugal, vão lembrar "as vítimas e as suas famílias, os doentes e os profissionais de saúde, os voluntários e todos aqueles que se encontram na linha da frente neste momento tão delicado", refere um comunicado do CCEE.

O Cardeal Angelo Bagnasco, Presidente do Conselho das Conferências Episcopais da Europa, sublinha na sua mensagem de apresentação desta iniciativa, que "considerámos juntos a oportunidade, ou mesmo o dever, de recordar na Santa Missa as vítimas, as muitas vítimas da pandemia".

E acrescentou, "cada Conferência Episcopal da Europa comprometeu-se a organizar pelo menos uma Missa. Será como criar uma corrente de oração, uma corrente eucarística em memória e em sufrágio de tantas pessoas. Nesta oração queremos também recordar as famílias que sofreram o luto e todos aqueles que neste momento ainda são atingidos pela doença e estão incertos sobre as suas vidas".

Por cá, será celebrada uma Missa por esta intenção no próximo dia 16 de março.

Já há até um calendário que será continuamente atualizado e que pode ser consultado aqui.

Com esta iniciativa, as Conferências Episcopais da Europa pretendem "oferecer um sinal de comunhão e de esperança".

O Presidente do CCEE afirma que "estamos todos unidos às nossas comunidades cristãs, aos nossos sacerdotes, gratos a todos aqueles que continuam a dedicar-se às pessoas mais necessitadas, para apoiar com a nossa palavra e sobretudo com a nossa oração, o seu empenho para que possamos olhar juntos para um futuro melhor".

Os Episcopados católicos da Europa unem-se, assim, ao Papa Francisco para "reiterar a proximidade da Igreja a todos aqueles que lutam por causa do coronavírus".

Recorde-se, que até agora morreram na Europa mais de 770 mil pessoas por causa da Covid-19. Em Portugal registaram-se até a esta data mais de 15 mil óbitos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+