Tempo
|
A+ / A-

Delegação portuguesa da JMJ 2023 vai a Roma

14 nov, 2020 - 18:44 • Aura Miguel

A Cruz e os símbolos da Jornada vão ser entregues perante o Papa, na basílica de São Pedro, por representantes do Panamá aos representantes da delegação portuguesa que vão organizar a próxima edição, prevista para o verão de 2023, em Lisboa.

A+ / A-

Já no próximo fim de semana, uma delegação portuguesa irá ao Vaticano receber a Cruz e os símbolos da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023, revelou Dom José Ornelas, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, em Fátima, este sábado.

Esta cerimónia esteve agendada para o passado Domingo de Ramos, mas, por causa da Covid-19, foi adiada para a festa do Cristo Rei. Ou seja, já para o próximo domingo, 22 de novembro.

Em conferência de imprensa, Dom José Ornelas confirmou que a celebração se mantém, apesar da pandemia.

“Está já confirmada a entrega. Apesar de tudo, a ideia é de não atrasar demasiado a receção dos símbolos dentro do país e aproveitar esta ocasião para mobilizar os nossos jovens. O programa básico está feito. A sua agora calendarização, como temos de adaptar à pandemia, estamos a ver como vai ser”, disse.

A Cruz e os símbolos das JMJ vão ser entregues perante o Papa, na basílica de São Pedro, por representantes do Panamá aos representantes da delegação portuguesa que vão organizar a próxima edição, prevista para o verão de 2023, em Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+